Transporte coletivo: com retorno previsto para o fim do mês, prefeitura publica decreto com regras para empresas e passageiros

O Governo de Criciúma esclarece que publicou neste domingo (12), no Diário Oficial Eletrônico (DOE), o Decreto Municipal n° 455/2020, que dispõe sobre medidas, cuidados de higiene e limpeza e restrições a serem observadas pelas empresas de transporte coletivo, para quando retornarem às atividades, caso sejam liberadas em decreto pelo governo do Estado, cuja previsão de retorno é após o dia 30 de abril.

As medidas pontuadas pelo documento, conforme publicamos anteriormente, definem a cautela necessária para enfrentamento à pandemia do coronavírus, determinada pela Secretaria Municipal de Saúde, para o retorno do transporte coletivo quando for liberado, tais como:

– Disponibilizar até 50% das rotas e horários com lotação máxima de 50% da capacidade do veículo

– Disponibilizar álcool em gel em todos os veículos

– Utilização de máscaras por motoristas, cobradores e exigir o uso pelos passageiros

Segundo as assessorias de imprensa da Prefeitura e da Associação Criciumense de Transporte Urbano (ACTU) não há nenhum indicativo de retorno do transporte coletivo antes do dia 30 de abril na cidade. 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email