Unidades de Saúde ajudam na divulgação dos benefícios do esgoto tratado

A equipe Socioambiental que está trabalhando na divulgação dos benefícios do Sistema de Esgotamento Sanitário da Grande Próspera, em implantação pela CASAN em Criciúma, ganhou novos aliados. Em visita às Unidades de Saúde da região, a assistente social Marisa Dorigon, que trabalha à serviço da Companhia, conquistou o apoio dos profissionais para distribuição de material educativo e compartilhamento de informações. 

“O sistema de esgoto tratado também é saúde, previne doenças e a população precisa receber informações para ter esta visão”, destaca a enfermeira da Unidade de Saúde do Bairro Nossa Senhora da Salete, Bruna Costa.

A assistente social Marisa Dorigon também esteve na Unidade de Saúde do bairro Brasília, onde foi recebida pela enfermeira Ronise Rocha, que colocou a equipe à disposição para ajudar nas visitas para as famílias do bairro. Na Unidade de Saúde do bairro Argentina, o contato foi direto com a equipe das agentes de saúde, que também se mostraram favoráveis para ajudar na divulgação dos benefícios do Sistema Público de Esgotamento Sanitário.

Para a agente de saúde Daiana Coelho, o esgoto tratado vai proporcionar mais qualidade de vida para as famílias. Segundo ela, que tem dois filhos que gostam de brincar na rua, com saneamento básico no bairro, as condições para as crianças melhora. “Muito bom este trabalho de divulgação e com certeza estaremos empenhadas em ajudar a levar a conhecimento às famílias”, pontua Daiana.

Na semana anterior, a assistente social já havia visitado a Unidade de Pronto Atendimento da Próspera, onde teve contato direto com os pacientes que estavam aguardando atendimento.

Estação de Tratamento

Enquanto a equipe socioambiental continua as visitas para a divulgação dos benefícios de ter o esgoto coletado e tratado, as obras da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) do bairro Vila Selinger seguem em ritmo acelerado, com cerca de 80% dos trabalhos concluídos. A meta da CASAN é concluir a unidade no segundo semestre deste ano.

O Sistema de Esgotamento Sanitário do Bairro Próspera vai atender aproximadamente 28 mil moradores. O investimento é de R$ 39,8 milhões. A meta da CASAN é entregar o sistema este ano.

Saiba Mais:

Principais doenças relacionadas com a ausência de esgotamento sanitário:

– Diarreia Aguda

– Febre Tifoide

– Cólera

– Hepatite A

– Poliomielite

– Esquistossomose

– Teníase

Como os esgotos podem transmitir doenças?

•  Pelo contato direto da pele com o solo contaminado por esgoto;

•  Pelo contato direto da pele com a água contaminada por esgoto;

•  Pela ingestão de alimentos irrigados com a água contaminada por esgoto;

•  Pela ingestão de alimentos contaminados por vetores, especialmente moscas que pousam em águas poluídas e em fezes;

•  Pela ingestão de alimentos manuseados sem a devida higiene pessoal.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email