Serviços do INSS serão obtidos pela internet

inss criciuma

Desde a última segunda-feira, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) passou a adotar uma nova dinâmica para consultas ao extrato previdenciário do trabalhador, também conhecido como CNIS.  O documento não será mais impresso na agência sem hora marcada. O segurado poderá obtê-lo pelo Meu INSS (www.meu.inss.gov.br), principal canal de serviços do instituto, ou fazer o agendamento pelo telefone 135 para buscar o extrato em uma unidade de atendimento.

A medida foi tomada com o objetivo de agilizar fluxo de atendimento e modernizar prestação de serviços nas unidades, reduzindo o tempo de espera para os segurados. Outros serviços que passarão a funcionar somente por agendamento são as consultas ao Histórico de Crédito de Benefício, à Declaração de Benefício (Consta/Nada Consta), a emissão da Carta de Concessão e dos extratos de Empréstimo Consignado e de Imposto de Renda. Todos estes serviços estão disponíveis também pelo Meu INSS (página eletrônica e aplicativo para celulares).

Segundo o último balanço anual feito pelo Instituto, suas agências realizaram, em 2016, mais de 12 milhões de atendimentos para a obtenção de certidões, como o extrato CNIS. As consultas para a concessão de benefícios somaram 6 milhões. A direção do INSS lembra que quatro instituições bancárias também disponibilizam a consulta ao extrato previdenciário, via aplicativo para celular e/ou terminal eletrônico: Itaú, Bradesco, Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal.

O INSS iniciou a modernização da prestação de serviços visando melhorar o atendimento aos segurados, que já podem receber benefícios sem sair de casa. Desde 24 de maio, mais de dez serviços, incluindo a mudança da agência de relacionamento e a alteração do meio de pagamento, passaram a ser prestados de forma agendada, o que permite ao segurado ser atendido com dia e hora marcados.

Passo a passo para acessar os serviços pelo Meu INSS:

  • No caso de primeiro acesso à página www.meu.inss.gov.br há necessidade de realizar o cadastro clicando em “entrar”, no canto superior direito.
  • Após, clicar em “login”, quando abrirá uma nova tela para colocar o “CPF” e após a “senha”.
  • Quando não tiver a senha, o segurado deve clicar abaixo em “cadastre-se”, preencher os dados, marcar “Não sou um robô” e o que for solicitado e prosseguir.
  • Respondidas as perguntas, o sistema criará uma senha que poderá ser trocada no primeiro acesso.
  • Se não conseguir, poderá ser obtida a senha através do fone “135” ou mesmo na agência local do INSS, no “Autoatendimento”, onde uma estagiária poderá auxiliar, no horário das 8 às 17 horas.
  • Para completar o cadastro no Meu INSS, é recomendável ter em mãos a carteira de trabalho e outros documentos pessoais e profissionais. Isso porque o sistema faz algumas perguntas para conferir a identidade do usuário, como datas de recebimento de  benefícios e realização de contribuições, nomes de empresas onde trabalhou e valores recebidos. Se errar mais de uma pergunta, o segurado pode esperar 24 horas para tentar novamente ou ligar para o 135.  Só será preciso comparecer a uma agência do INSS em último caso.

A agência do INSS em Criciúma fica na rua São José, 170, Bairro Cruzeiro do Sul. O horário de atendimento é das 7h às 17h, sem fechar ao meio-dia.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email