População deve estar atenta para preenchimento de documentos em 2020 alerta o Procon

Com o início do novo ano, alguns cuidados precisam ser redobrados. O Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) de Criciúma, alerta a população para o preenchimento de documentos, títulos de créditos e afins, em 2020. A comum prática de abreviações dos últimos dígitos do ano pode resultar em fraudes e contratempos com datas anteriores ou futuras, dependendo da situação.

Abreviações

Ocorre com frequência a escrita com o ano anterior. Além disso, é costume de muitos cidadãos a abreviação dos últimos dígitos, como 2019: 19 e 2020: 20. Na última situação, o uso abreviado deve ser evitado, uma vez que os números são repetidos e apresentará os mesmos números iniciais do formato integral.

Ainda no último caso, poderá abrir margens para que terceiros coloquem um 19 na sequência, resultando, ao invés do 2020 desejado, o 2019, adulterando o documento.

“Nesse ano em especial, devemos manter uma atenção redobrada quanto a esse tipo de situação. Por isso, aconselhamos que, para minimizar os riscos, ocorra o preenchimento correto da data em todos os documentos com todos os dígitos do ano”, reforçou o coordenador do Procon de Criciúma, Gustavo Colle.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email