Novo Centro de Convivência será construído para idosos na cidade

Um espaço adequado para os idosos de Criciúma. O município está próximo de ter um novo ambiente para o Centro de Convivência da Terceira Idade (CCTI). A ordem de serviço, que dá início a execução das obras no local, será assinada na próxima quinta-feira (12), na atual sede do CCTI, localizada no Morro Cechinel, às 14h. O novo local será implantado no Parque das Nações Cincinato Naspolini, no bairro Próspera.

Atualmente, são 680 idosos que frequentam as oficinas ofertadas pelo CCTI, e mais 1,4 mil que frequentam os 58 grupos dos bairros. O espaço foi inaugurado em 2012, proporcionando a criação do serviço do idoso em Criciúma. “Os idosos também precisam de um ambiente adequado para desenvolver as atividades de lazer.

Hoje, o CCTI possui um aumento na procura pelas oficinas, e vimos a necessidade de mudar para um local maior e de mais estrutura”, ressaltou o prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro.

A nova estrutura contará com 1,546,21 m². O recurso para construir o Centro do Idoso foi viabilizado através de convênio entre Prefeitura de Criciúma e Fundo de Desenvolvimento Municipal (Fundem) e o Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) de Criciúma. O governo municipal investirá R$ 3.521.725,21. A empresa responsável para execução da obra é a BRE Construções.

Mais sobre o Centro de Idoso

Administrado pela Associação Feminina de Assistência Social de Criciúma (Afasc), o CCTI, até 2017, atendia 170 idosos em 9 oficinas. No mesmo ano, houve uma ampliação do serviço, sendo implantado 18 oficinas e o projeto ‘Eu me lembro’, que atende cuidadores de idosos portadores de Alzheimer.

Além disso, o CCTI tem uma parceria com a Clínica Luciano Schutz para a realização da cirurgia de blefaroplastia, que é a retirada do excesso de pele das pálpebras. A Afasc também disponibiliza um ônibus para locomoção dos idosos. “O Centro de Convivência tem o objetivo de fortalecer os vínculos comunitários e familiares, além de proporcionar um envelhecimento ativo saudável.

O CCTI oferece oficinas voltadas à prevenção da saúde mental, física e emocional. Os trabalhos de artesanato e atividades físicas fazem parte do cotidiano do centro”, explicou o coordenador do CCTI, Daniel Cipriano.

As atuais oficinas oferecidas pelo CCTI são: arteterapia, vivências, informática, alongamento, ritmo de salão, yoga, ballet, dança de salão, dança coreográfica, violão, teclado, canto coral, bocha, bolão, vôlei, artesanato, tricô, crochê, ginástica, treinamento funcional, ritmos (zumba), canastra, truco, dominó, e xadrez.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email