Julho começa com pouca chuva na região

Nas primeiras semanas de julho, uma massa de ar seco deixa o tempo firme, com sol e poucas nuvens na maior parte de Santa Catarina. Há previsão de chuva escassa nos dias 1º e 2 de julho no litoral e no dia 5 de julho do Meio Oeste ao litoral, devido à passagem de uma frente fria.

“Nos próximos meses, a chuva estará próxima à média do Planalto ao litoral, e deve ficar abaixo da média no Oeste e no Meio Oeste”, acrescenta Laura Rodrigues, meteorologista da Epagri/Ciram.

Frio intenso

O ar frio que chega ao estado no início do mês será mais intenso, com formação de geada ampla nas madrugadas de 7 a 9 de julho. Ao longo do inverno, as massas de ar polar terão curta duração e, de forma geral, o ar mais seco será o responsável pela maior parte do frio noturno, com queda na temperatura e madrugadas frias com formação de geada nas áreas mais altas do estado.

“Em boa parte desses dias, as madrugadas frias serão seguidas de tardes com temperatura mais elevada, ou seja, dias de maior amplitude térmica”, explica a meteorologista Marilene de Lima, da Epagri/Ciram.

“Veranicos” e neve

Neste ano, a probabilidade de “veranicos” é maior, com dias consecutivos sem chuva e com temperatura elevada para a época do ano. Episódios de neve têm chance de ocorrer principalmente no mês de julho no Planalto Sul de Santa Catarina.

Estiagem

A chuva que ocorreu do começo ao fim de junho amenizou o quadro de estiagem em parte do Planalto e do Litoral. Mas nos próximos meses, a chuva abaixo da média afetará o Oeste e o Meio Oeste, ocorrendo de forma irregular. Mesmo ficando próxima da média nas demais regiões (sobretudo em setembro), o volume de chuva ainda não será suficiente para afastar a preocupação em relação déficit hídrico dos últimos três meses (abril, maio e junho) no Litoral e, principalmente, no Vale do Itajaí.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email