Finados: feriado reascende preocupação com a limpeza nos cemitérios

Às vésperas do Dia de Finados, comemorado em 2 de novembro, cresce a preocupação com a limpeza e a preservação de túmulos e capelas mortuárias nos cemitérios. Em Criciúma, o feriado de 2 de novembro será de trabalho para os agentes da Vigilância em Saúde. Durante todo o sábado serão distribuídos panfletos com orientações sobre os cuidados necessários para evitar a contaminação de doenças transmitidas pelo mosquito Aedes Aegypti, como dengue, chikungunya e zika vírus.

Segundo a supervisora de campo de combate as endemias, Simone Cristina da Cruz, as orientações são realizadas nos cemitérios de maior movimentação, como Rio Maina, Brasília e São Luiz. “Em 2019 foram encontrados sete focos, sendo o último no bairro Argentina, próximo ao bairro Brasília. Por isso é importante reforçar a limpeza em questão de acúmulo de lixo e água em vasos de flores, pois aumentam a proliferação de larvas”, disse.

Atualmente, o Programa de Combate a Dengue do município possui 607 armadilhas espalhadas pela cidade. “Com o tempo mais quente a proliferação pode aumentar, por isso é necessário ter um cuidado maior com a água, buscando fazer a limpeza diariamente e também com lonas, vasos e piscinas durante períodos de chuva”, disse Simone.

Outras ações

Agentes de endemias seguem realizando visitas nas residências do bairro Argentina, orientando sobre descarte e limpeza correto de materiais. As visitas acontecem entre 8h30 e 11h no período matutino e 13h30 às 15h, no período vespertino. No dia 23 de novembro, será realizado Dia D, no centro da cidade, onde orientações estarão sendo feitas através de panfletagem.

Limpeza dos cemitérios

A limpeza nos túmulos e capelas nos cemitérios de Criciúma, que são administrados pela Somatem, pode ser feita até a próxima sexta-feira (1), das 8h às 18h.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email