Entidades de Criciúma pedem retorno imediato do transporte coletivo em ofício à Alesc

A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), a Associação Empresarial de Criciúma (Acic) e o Sindicato do Comércio Varejista (Sindilojas) encaminharam nesta semana um ofício ao presidente da Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina (Alesc), Julio Garcia, aos deputados estaduais da região Sul e o presidente da Comissão de Transportes e Mobilidade Urbana da Casa, João Amin, solicitando apoio na pauta do retorno imediato dos serviços de transporte coletivo urbano.

As entidades ponderam que, além de gerar emprego e renda, a atividade é considerada essencial para a retomada da economia no Estado. No documento, as instituições ainda frisaram a importância do cumprimento de medidas cautelares sanitárias de prevenção.

Os representantes da classe empresarial têm sido procurados por diversos setores da sociedade que expõem a dificuldade gerada pela falta do serviço de transporte coletivo na cidade, enaltece a presidente da CDL de Criciúma, Andréa Gazola Salvalaggio. As dificuldades vão desde o acesso dos funcionários aos seus locais de trabalho, até a viabilidade da chegada dos próprios consumidores ao comércio, causando prejuízos relevantes às atividades econômicas. “A nosso ver, com a retomada destas atividades dos serviços, do comércio e da indústria, o serviço de transporte público se faz necessário”, reforça Andréa.

O presidente da Acic, Moacir Dagostin, reitera a importância do retorno dos serviços do transporte. “Precisamos que o transporte volte a funcionar para que os funcionários tenham condições de retornar aos seus trabalhos. As medidas de prevenção estão dia a dia sendo incutidas aos brasileiros, didaticamente.

O Estado de Santa Catarina revela-se diferenciado, seja na obediência às medidas de prevenção, seja na estrutura médica-assistencial aos portadores do COVID-19. Sendo assim, também o de transporte coletivo urbano certamente adotará medidas restritivas e preventivas aos usuários, estando preparado para o retorno imediato das atividades”, ressalta.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email