Descarte o lixo corretamente conforme orientações da Famcri

Ainda que a área central da cidade de Criciúma tenha dezenas de contentores de lixo distribuídos, o Rio Criciúma serviu mais uma vez de depósito para material descartado. O caso aconteceu na última quarta-feira (23) durante a noite e foi denunciado à Fundação do Meio Ambiente de Criciúma (Famcri), reacendendo um debate importante, sobre a maneira correta de realizar o descarte de entulhos na cidade.

Na região central de Criciúma, além dos contentores que estão disponíveis para a população e também para os lojistas, a coleta seletiva é realizada diariamente. Nos bairros, o caminhão realiza a coleta três vezes por semana. O cronograma pode ser consultado no site da Famcri: www.famcri.sc.gov.br/coletas.

blank

“Além da orientação passada, temos a coleta diariamente na área central, os contentores, além do Ecoponto. Nós oferecemos todos os meios para que não seja realizado este descarte irregular. Nada justifica jogar lixo no rio”, lamentou o fiscal da Famcri, Valmir Gomes.

Ecoponto

O Ecoponto foi criado para destinar corretamente entulhos que não podem ser descartados no lixo comum, por conta do grande volume ou conteúdo tóxico. Pneus, móveis, eletrodomésticos, pilhas e óleo de cozinha são alguns exemplos dos produtos que podem ser depositados no local.

Administrado pela Famcri, o Ecoponto fica localizado na rodovia Jorge Lacerda, 900, no bairro Sangão.

Seja um Leitor Parceiro!

Em uma época em que a facilidade ao acesso de informação acaba multiplicando a desinformação, e para piorar em meio a uma pandemia, o site Bairros Criciúma reforça o compromisso com o jornalismo sério, profissional e de qualidade. Nossa equipe se dedica diariamente na difusão de informação responsável e que você pode confiar.

Para que possamos melhorar cada vez mais e juntos possamos ter um jornalismo sério e o compromisso com a informação de qualidade, contamos também com a contribuição espontânea de nossos leitores!
Para contribuir basta fazer um Pix de qualquer valor para a chave: [email protected]

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email