Criciúma em segundo lugar entre os dez municípios que mais cresceram no Estado

Criciúma está na segunda colocação entre os dez maiores municípios de Santa Catarina que mais cresceram na movimentação econômica em 2020. Os dados foram divulgados pela Secretaria Estadual da Fazenda de Santa Catarina. O aumento entre 2019 e 2020 representa 1,91%. Este dado também incrementa na arrecadação do município no retorno do Imposto sobre Operações relativas Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação (ICMS). O número positivo aumenta o repasse em mais de R$ 2 milhões do ICMS para o município.

Conforme o fiscal de tributos da Prefeitura de Criciúma, Luiz Fernando Cascaes, o estado tem que destinar 25% do seu montante de arrecadação do ICMS aos 295 municípios catarinenses. Esta divisão é feita baseada no Índice de Participação dos Municípios (IPM). “Criciúma foi responsável por representar na economia de Santa Catarina 1,82%. Em 2019, este índice estava em 1,78%”.

O cálculo é sempre feito com a média dos dois anos anteriores para não ter grandes quedas ou aumentos muito expressivos”, explica. “O cálculo tem duas frentes, o estado divide 15% de forma igual entre os municípios, e o outros 85% é baseado na movimentação econômica das cidades”, completa.

Segundo o fiscal este aumento simboliza a confiança que os empresários depositam no governo municipal. “Gestão criativa, lei de incentivo a invocação, redução de taxa na instalação de franquias, o próprio sistema de geoprocessamento, que otimiza a fiscalização e a cobrança dos impostos com eficiência.

Com tudo isso, os empresários se sentiram acolhidos, fazendo que investissem seu dinheiro no município”, finaliza. O primeiro lugar da pesquisa ficou com Itajaí, com um crescimento de 6,83%.

Casa do Empreendedor

Além disso, tem os resultados positivos da Casa do Empreendedor, que contribuíram para este crescimento. Desde sua instalação, o setor municipal já emitiu mais de 2 mil alvarás de funcionamento. Criciúma também já gerou 3 mil empregos durante este ano. A Casa do Empreendedor integra todos os setores necessários para abrir um negócio no prazo mínimo de três dias.

Em comparação com a Amrec

Já Criciúma, em comparação com os municípios da Associação dos Municípios da Região Carbonífera (Amrec), ficou na terceira colocação. A cidade de Içara ficou na primeira colocação com 5,11% e Cocal do Sul com 3,82%.

“Ficamos eufóricos com os resultados. São estes dados que mostram a evolução do nosso município. Sempre digo à minha equipe: o negócio é não perder negócio. Por isso, nos preparamos também nas estruturas físicas, de pessoas e tecnologias de processos para atender bem quem quer investir em nossa cidade”, frisa o prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email