Polícia Civil atua em várias linhas de investigação no assalto ao Banco do Brasil

A Polícia Civil de Santa Catarina atua em várias linhas de trabalho referentes à investigação do assalto ao Banco do Brasil, ocorrido na noite de segunda-feira (30), em Criciúma, no Sul do Estado. A investigação é coordenada pela Delegacia de Roubos e Antissequestro da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC), sob o comando do Delegado de Polícia Anselmo Cruz.

“Estamos trabalhando intensamente, em fase de reunião de informações, vestígios, indícios. Há várias linhas de trabalho e uma série de diligências sendo realizadas com o apoio de colegas de especializadas da DEIC e de várias unidades policiais de Santa Catarina, além da integração com policiais de outros Estados”, ressalta o Diretor da DEIC, Delegado de Polícia Luis Felipe Fuentes.

blank

Também atua em apoio na missão a equipe do Helicóptero da Polícia Civil.

O Diretor da DEIC destaca o alto desempenho obtido pela Polícia Civil nas investigações e operações policiais complexas desencadeadas em Santa Catarina. “Este será um inquérito policial que se desenha bastante complexo, volumoso. Mas Polícia Civil tem demonstrado em operações recentes que está cada vez com a capacidade maior e um desempenho melhor nas investigações. Temos conseguido levar ao Judiciário inquéritos policiais muito bem instruídos, o que se comprova pelo índice de condenações e o sucesso das operações quando desencadeadas”, assinalou.

Seja um Leitor Parceiro!

Em uma época em que a facilidade ao acesso de informação acaba multiplicando a desinformação, e para piorar em meio a uma pandemia, o site Bairros Criciúma reforça o compromisso com o jornalismo sério, profissional e de qualidade. Nossa equipe se dedica diariamente na difusão de informação responsável e que você pode confiar.

Para que possamos melhorar cada vez mais e juntos possamos ter um jornalismo sério e o compromisso com a informação de qualidade, contamos também com a contribuição espontânea de nossos leitores!
Para contribuir basta fazer um Pix de qualquer valor para a chave: [email protected]

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email