Enquanto as buscas seguem na região, outro ataque semelhante aterrorizou cidade do Pará

Em uma ação semelhante a registrada na cidade de Criciúma, em Santa Catarina, uma quadrilha tomou as ruas de Cametá, no nordeste do Pará, na madrugada de hoje, 2. O alvo eram agências bancárias no centro da cidade. Os criminosos atacaram o quartel da PM, fizeram um escudo humano e atiraram por mais de 1 hora. Segundo o prefeito Waldoli Valente (PSC), uma pessoa morreu.

As imagens feitas pelos próprios moradores mostram que os criminosos capturaram as pessoas em bares e as usaram como escudos de proteção para se locomover pelas ruas da cidade. Os reféns assistiam a um jogo de futebol quando foram surpreendidos.

blank

O grupo usou armas de grosso calibre e explosivos. O quartel da Polícia Militar (PM) foi atacado, impedindo a saída dos policiais. Os bandidos deixaram a cidade por volta de 1h30 levando um grupo de reféns, que foi liberado em seguida. Na fuga, os assaltantes tentaram atear fogo em um ponte de madeira na BR-422 que dá acesso de Cametá à Tucuruí.

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública do Estado do Pará (Segup) informa que desde o momento que foi confirmado sobre o assalto a uma agência bancária no município de Cametá, equipes do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), das Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam), do Batalhão de Ações de Cães (Bac), da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (CORE) e duas aeronaves do Grupamento Aéreo de Segurança Pública do Pará (Graesp) se deslocaram para dar apoio no município. Segundo informações preliminares, há uma vítima fatal. Mais informações serão divulgados ao longo do dia.

Moradores divulgaram nas redes sociais diversos vídeos mostrando a ação criminosa.

Investigações seguem em Criciúma

A Polícia Militar continua empenhada na grande operação de buscas aos criminosos. Guarnições das unidades especializadas da corporação estão atuando na região. A Polícia Civil, PRF e Unidades do Rio Grande do Sul apoiam as investigações. 

Os assaltantes trocaram tiros com policiais militares do 9º Batalhão de Polícia Militar (BPM) na área central da cidade. A ação criminosa resultou em duas pessoas alvejadas, um vigilante e um policial militar, que foi atingido no abdômen.

O policial passou por cirurgia e continua internado na UTI, em estado grave. Pedidos de doação de sangue estão sendo feitos por amigos e familiares, doadores podem se deslocar até o Hemosc de Criciúma (Av. Centenário, 1700), das 9h às 18h para realizar a doação. 

Fonte: Roma News

Seja um Leitor Parceiro!

Em uma época em que a facilidade ao acesso de informação acaba multiplicando a desinformação, e para piorar em meio a uma pandemia, o site Bairros Criciúma reforça o compromisso com o jornalismo sério, profissional e de qualidade. Nossa equipe se dedica diariamente na difusão de informação responsável e que você pode confiar.

Para que possamos melhorar cada vez mais e juntos possamos ter um jornalismo sério e o compromisso com a informação de qualidade, contamos também com a contribuição espontânea de nossos leitores!
Para contribuir basta fazer um Pix de qualquer valor para a chave: [email protected]

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email