TeleCovid: mais de 1200 atendimentos são realizados no primeiro dia

O atendimento remoto para pacientes com sintomas respiratórios foi retomado, na cidade. Só no primeiro dia, mais de 1200 pessoas foram atendidas. “Mas a procura foi muito maior. A demanda de atendimentos está alta, por isso algumas pessoas ficaram na fila nesse retorno do serviço. Estamos organizando a equipe e se adequando a essa nova realidade, para que todos sejam atendidos e encaminhados da melhor forma possível”, ressaltou o secretário de Saúde do município, Acélio Casagrande.

O teleatendimento funciona de segunda à sexta-feira, das 8h às 20h, e nos sábados e domingos, das 8h às 17h. O contato é feito por meio de mensagem no WhatsApp (48) 991546453. Uma equipe técnica formada por enfermeiros e médicos dará as orientações e possíveis encaminhamentos.

Publicidade
blank

O gerente de Vigilância em Saúde, Samuel Bucco reforça que o serviço passa a ser a porta de entrada do atendimento para pacientes com sintomas gripais. Dessa forma, as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) devem ser procuradas apenas para atendimentos eletivos e para a realização de testes já agendados previamente, ou por pacientes que apresentarem sintomas gripais graves.

Publicidade

Testagem para Covid-19

O gerente explica que, com o aumento da procura por atendimento, as testagens também foram intensificadas. “Não só em Criciúma, mas em todo o Estado, a demanda aumentou muito nas últimas semanas. Mudança que gerou alguns problemas, como a falta de insumos”, destacou. Por conta disso, o Governo do Estado encaminhou um ofício à todas as Secretarias Municipais de Saúde, na última segunda-feira (17), com medidas que devem ser adotadas a partir de agora.

O documento justifica que “em virtude da alta demanda de exames laboratoriais para o diagnóstico da COVID-19 no momento, e devido a escassez de insumos para a realização desses exames, ressalta-se a necessidade de uso racional dos testes, seguindo recomendação da Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS)”. Dessa forma, a testagem deve priorizar:

  • Casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) que necessitem de hospitalização;
  • Pacientes com sintomas respiratórios que estejam nos grupos de risco para agravamento da doença (idosos, gestantes, puérperas, portadores de comorbidades);
  • Profissionais de saúde com sintomas respiratórios
  • Triagem de pacientes que precisam ser hospitalizados por outros motivos;
  • Profissionais com sintomas respiratórios que fazem parte de serviços essenciais e presenciais, como profissionais de segurança

O documento orienta ainda que algumas situações não configuram necessidade de realização de testes, como:

  • Indivíduos assintomáticos (inclusive contatos);
  • Como requisito para sair do isolamento;
  • Como pré-requisito para participação em eventos ou estabelecimentos que exijam.

Essas recomendações deverão ser seguidas até o momento que a disponibilidade de testes seja regularizada, e novas orientações sejam encaminhadas pelo Estado. “Por isso, pedimos que a população busque o atendimento apenas quando apresentar sintomas, necessitando de acompanhamento”, concluiu Samuel.

Publicidade

Podem ser sinais de alerta:

  • febre
  • tosse seca
  • perda de olfato ou paladar
  • cansaço excessivo

Se associados pelo menos dois desses sintomas, com falta de ar, pode se tratar de um caso de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e, portanto, orienta-se que o cidadão procure a sua unidade de saúde ou serviços de urgência e emergência, como a UPA da Próspera ou o 24hrs da Boa Vista.

Seja um Leitor Parceiro!

Em uma época em que a facilidade ao acesso de informação acaba multiplicando a desinformação, e para piorar em meio a uma pandemia, o site Bairros Criciúma reforça o compromisso com o jornalismo sério, profissional e de qualidade. Nossa equipe se dedica diariamente na difusão de informação responsável e que você pode confiar.

Para que possamos melhorar cada vez mais e juntos possamos ter um jornalismo sério e o compromisso com a informação de qualidade, contamos também com a contribuição espontânea de nossos leitores!
Para contribuir basta fazer um Pix de qualquer valor para a chave: [email protected]

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email