Estudante de Psicologia ganha concurso e quer conscientizar sobre a visibilidade das pessoas com deficiência

Aos 28 anos a estudante de Psicologia da Unesc, Camila Rosalino, encara a vida de forma leve superando as dificuldades decorrentes da Síndrome de Morquio, condição de nascença.

Além da baixa estatura, a Síndrome lhe impõe diversos tipos de limitações físicas, mas nenhuma capaz de frear sonhos e objetivos da jovem. Nesta semana Camila, que atua também como modelo, venceu um concurso proposto pelas redes sociais da marca Melissa e passa a ser influenciadora da marca em Criciúma ao longo de um mês.

blank

Além do vale compras na loja e o espaço para atuar como digital influencer, para Camila, o prêmio leva um significado ainda maior, já que ela representa outras centenas de portadores dessa e de outras síndromes.

“Sabemos que existe um padrão de beleza que geralmente é seguido por pessoas e marcas. Ganhar prova pra mim mesma e para os outros que somos capazes, pois não temos muito espaços como esse. Pessoas com deficiência geralmente não aparecem tanto e esse ciclo faz com que exista ainda o olhar de estranhamento quando somos vistos”, destaca.

Conforme a acadêmica, levantar a bandeira das pessoas com deficiência não é pedir que sejam vistas como guerreiras ou exemplo aos outros, mas, sim, que sejam aceitas e respeitadas. “

A gente não quer ser exemplo de superação, só quer ser aceito pela sociedade e ser visto como pessoas que tem espaço, que vão atrás das coisas e conquistam também”, completa.

A defesa da marca já é uma paixão antiga, já que os modelos emborrachados estão entre as possibilidades de calçados que se adaptam bem ao formato dos pés dos portadores da síndrome ou outras deficiências.

“Já fui até o Clube Melissa de Criciúma e escolhi dois modelos que ficaram ótimos nos meus pés. Eles foram enviados em uma bolsa com direito a balões direto na minha casa. Foi muito especial”, acrescenta.

A vitória de Camila foi conquistada através de votação em algumas fases chamadas de “batalhas”. A jovem contou com o apoio de familiares, amigos e colegas, entre eles os membros do Instituto Nacional de Nanismo (INN), que também se engajaram na reta final de votação.

A acadêmica cursará neste primeiro semestre de 2021 a sexta fase do curso de Psicologia na Unesc.

Em uma época em que a facilidade ao acesso de informação acaba multiplicando a desinformação, e para piorar em meio a uma pandemia, o site Bairros Criciúma reforça o compromisso com o jornalismo sério, profissional e de qualidade. Nossa equipe se dedica diariamente na difusão de informação responsável e que você pode confiar.

Para que possamos melhorar cada vez mais e juntos possamos ter um jornalismo sério e o compromisso com a informação de qualidade, contamos também com a contribuição espontânea de nossos leitores!
Para contribuir basta fazer um Pix de qualquer valor para a chave: [email protected]

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email