Comad define ações que passam por maior fiscalização e melhores formas de tratamento de dependentes químicos

Trabalhar na prevenção de substâncias psicoativas é objetivo principal do Conselho Municipal Antidrogas (Comad) de Criciúma, que promoveu nesta terça-feira (2), uma reunião com as entidades ligadas ao programa. Os assuntos pautados foram a intensificação das fiscalizações nas comunidades terapêuticas para a precaução de acolhimento irregular e as ações que poderão ser feitas durante o ano, bem como as melhores formas de tratamentos aos adolescentes e adultos dependentes químicos.

Além disso, também foi definida a data da eleição para a nova presidência do Comad, marcada para dia 2 de março. O encontro realizado na Sala dos Conselhos, no Paço Municipal Marcos Rovaris, contou com a presença do presidente, Marcos Antônio da Silva Brasil e vice-presidente, Arilson Carlos Nazário, Policial Civil, coordenadoria dos Conselhos Municipais, Câmara de Vereadores, Associação Beneficente Abadeus, Associação das Comunidades Terapêuticas, Vigilância Sanitária e Procuradoria.

blank

“Nós também destacamos a importância de cada entidade que apoia o programa, participar dos encontros”, salientou Marcos acrescendo que “para definir cada ação é essencial todos estarem presentes para assim buscar melhorias entrando num consenso”. Cada organização recebeu um ofício que deve ser preenchido com os nomes dos representantes.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email