Cinco caminhões de lixo foram recolhidos em ação de combate à dengue em bairro da cidade

Orientações por meio de materiais educativos e recolhimento de materiais sem utilidade são ações do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) de Criciúma para o combate à dengue. Uma força-tarefa com o apoio da Defesa Civil, Secretaria Municipal de Infraestrutura, Planejamento e Mobilidade Urbana, Vigilância Sanitária e Fundação do Meio Ambiente de Criciúma (Famcri) recolheu aproximadamente cinco caminhões de lixo em uma área delimitada do bairro Próspera, onde houve reincidência de focos do Aedes aegypti.

Durante a ação, foram recolhidos móveis, lixo eletrônico, cascas de coqueiros ou bananeiras, embalagens vazias, pneus, galões, baldes, latas e caixas de água em desuso.

Os materiais podem acumular água e colaborar para a proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, febre chikungunya, febre pelo zika vírus e febre amarela urbana. Só no primeiro semestre deste ano, 14 focos do mosquito foram encontrados pelos agentes de combate às endemias no bairro Próspera.

Além de orientar os moradores e recolher materiais, durante a semana, os agentes comunitários de saúde (ACS) e servidores da FAMCRI realizaram visitas em aproximadamente 400 imóveis, compreendendo 13 quarteirões e 16 ruas da área delimitada. Por meio da lista de checagem aplicada durante as visitas, a Vigilância Sanitária conseguiu identificar os pontos mais críticos na área.

“Aquelas pessoas que foram previamente orientadas pelos ACS e, mesmo assim, não sanaram o problema, foram notificadas pela Vigilância Sanitária. Foi dado um prazo para a correção do problema. Caso o problema persista, o responsável poderá ser penalizado administrativamente, inclusive com multa”, frisou a médica veterinária do CCZ, Mayara Vieira Tizatto.

Ainda durante a ação de sábado, a Defesa Civil de Criciúma fez o levantamento de terrenos baldios e casas abandonadas com necessidade de limpeza e manutenção. A partir desta semana, o órgão irá notificar os responsáveis pelos imóveis.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email