Almoxarifado da Saúde do município receberá novos medicamentos em 2020

Remédios para tratamento de Parkinson, asma, ácido fólico em gotas, xarope fitoterápico de guaco são alguns dos medicamentos que o Almoxarifado da Saúde de Criciúma receberá no próximo ano. A definição dos medicamentos foi feita pela Câmara Técnica Regional de Assistência Farmacêutica da Amrec e incorporada à Relação Municipal de Medicamentos (Remume).

De acordo com a relação, 177 medicamentos são distribuídos em todas as Farmácias Básicas das Unidades Básicas de Saúde (UBSs), Centro de Especialidades em Saúde (CES), Policlínica do Rio Maina, Unidades 24h da Boa Vista e Próspera. Além da Farmácia Escola e Programa de Automonitoramento Glicêmico Capilar (PAMGC), ambas localizadas nas Clínicas Integradas da Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc).

Melhorias no almoxarifado

Com uma equipe de 14 colaboradores coordenados por uma gerência técnica e uma administrativa, o almoxarifado é responsável pelo fornecimento de medicamentos gerais e controlados, material médico hospitalar, fórmulas alimentares e dietas, materiais de higiene e limpeza, material de expediente e material odontológico.

Conforme cronograma pré-estabelecido, as unidades são atendidas mensalmente e quando solicitado por meio de pedido complementar. Nos últimos anos, o local vem passando por melhorias, entre elas a instalação de ares-condicionados para controle de temperatura.

O sistema Celk, utilizado pela Secretaria da Saúde auxilia os profissionais na organização e controle de entrada e saída de produtos. “Todos os produtos possuem uma etiqueta nominal, que é encaminhada para a unidade com uma guia de transferência dos produtos.   Recebem, conferem, dão entrada, lançam no sistema e fazem o manejo conforme procedimento do local”, comentou o gerente administrativo do Almoxarifado, José Carlos de Oliveira.

Uma das competências do almoxarifado é a entrega mensal via unidade básica de saúde de fraldas e outros materiais para aproximadamente 500 pacientes, cadastrados por assistentes sociais, que utilizam sonda e são acamados, amputados, deficientes físicos, entre outras condições.

As doses de insulina do município são mantidas sob refrigeração no Programa de Automonitoramento Glicêmico Capilar (PAMGC), localizado nas Clínicas integradas da Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc). Juntamente com os insumos para acompanhamento de diabetes.

Setor Odontológico

Os materiais possuem um setor próprio, exclusivo para as 40 Unidades Básicas de Saúde (UBS) que contém serviço odontológico. Diferente dos medicamentos, a maioria dos produtos são descartáveis. As mercadorias são recebidas com notas fiscais, é dado entrada e é feito a transferência.

“Temos cerca de 400 produtos, os mais utilizados são gases, algodão em rolete, álcool e papel toalha. Mantemos aqui os materiais educativos e kits utilizados nas escolas para campanha do flúor. Além de consultórios e raio x portáteis, que os profissionais usam para atendimento domiciliar aos pacientes”, disse a Técnica de saúde bucal e almoxarife do setor, Lucitania Fernandes.

Para a Farmacêutica e Gerente técnica do almoxarifado, Aline Neves, o funcionamento do local é essencial para trabalho das unidades de serviços especializados do município. “O almoxarifado é o coração das unidades de saúde, pois para o funcionamento das mesmas é necessário estar munidos dos materiais e medicamentos”, frisou.

“O local passou por reformulação, fizemos a organização na questão de climatização e também na ampliação do número de medicamentos, os quantitativos. Fomos buscar algumas formas de medicamentos e incluímos na padronização, estando dentro das normas da Organização Mundial de Saúde e também do Conselho Federal de Farmácias”, concluiu o secretário de Saúde, Acélio Casagrande.

Serviços de saúde atendidos pelo almoxarifado

48 Unidades Básicas de Saúde (UBSs)

Unidades 24h da Boa Vista e Próspera

Policlínica Atendimento Municipal (PAM)

Programa de Automonitoramento Glicêmico Capilar (PAMGC)

Centro de Especialidades em Saúde (CES)

Criança Saudável

Saúde da Mulher

Farmácia Central

Farmácia Escola

Programa Atenção Municipal as DST/HIV e Aids

CAPS i, CAPS II, CAPS Il AD e CAPS III

Samu e Laboratório Municipal

Programa de Automonitoramento Glicêmico Capilar (PAMGC) 

Ambulatório de Feridas

Vigilâncias Sanitária e Epidemiológica (e medicamentos quando necessário)

Centro Controle de Zoonoses (CCZ) 

Centro de Referência Saúde do Trabalhador (Cerest) 

Penitenciaria Sul e Presídio Santa Augusta

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email