Saiba como identificar materiais que servem para reciclagem e como separar o lixo reciclável

Separar o lixo reciclável é um hábito estimulado constantemente por meio de campanhas. Mas como e por que separar o lixo para a coleta seletiva? A resposta é simples: além de reduzir o impacto no meio ambiente, a reciclagem diminui as retiradas de matéria-prima da natureza, gera economia de água e energia.

Como a preservação do meio ambiente começa com pequenas atitudes diárias, veja como é fácil fazer a separação do lixo reciclável e como identificar o que é lixo reciclável.

blank

O que é lixo?

Resíduos gerados pelas atividades humanas ou pela natureza em aglomerações urbanas. O lixo orgânico é composto pelos resíduos que têm origem animal ou vegetal, como cascas de frutas e legumes. Já o lixo inorgânico é aquele produzido pelo homem, que não tem origem biológica, como os plásticos, vidros, entre outros. O lixo eletrônico é todo resíduo material produzido pelo descarte de equipamentos eletrônicos.

O que é reciclável?

Resíduos descartados que podem retornar à cadeia produtiva para virar o mesmo produto ou produtos diferentes dos originais, como a maioria dos papéis, vidros e plásticos, papelão e alumínio. Estes podem ser separados e entregues à coleta seletiva. Já o lixo eletrônico pode ser reciclado, após triagem, e deve ser descartado em pontos específicos com essa finalidade.

O que não é reciclável?

Materiais como: papel-carbono, etiqueta adesiva, fita crepe, guardanapos, fotografias, filtro de cigarros, papéis sujos, papéis sanitários, copos de papel, cabos de panela e tomadas, clipes, grampos, esponjas de aço, canos, espelhos, cristais, cerâmicas, porcelana, pilhas e baterias de celular.

Materiais não recicláveis, como pilhas, baterias, lâmpadas incandescentes e fluorescentes, óleo de cozinha, entre outros, devem ser descartados em locais apropriados, senão prejudicam o meio ambiente. Para se informar sobre os pontos, é importante entrar em contato com a prefeitura municipal, fabricantes dos produtos e outros órgãos relacionados.

Como separar o lixo?

  • Nunca misture o material reciclável e orgânico;
  • Coloque os plásticos, vidros, metais e papéis em sacos diferentes;
  • Lave e seque as embalagens que continham produtos orgânicos antes do descarte;
  • Não amasse e nem molhe os papéis. Ao invés disso, dobre-os dentro do saco, diminuindo bastante o volume;
  • Vidros quebrados e materiais cortantes devem ser enrolados em jornal ou colocados em uma caixa para evitar acidentes;
  • Não coloque garrafas e frascos com vidros planos;
  • Desmonte as embalagens mistas, separando as partes de metal, plástico e vidro, por exemplo, e distribua nos sacos corretos.

A redução do número de embalagens impacta diretamente na preservação dos recursos naturais, pois para produzir um quilo de plástico são consumidos 182 litros de água. 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email