[VÍDEO] Time da Raça inicia caminhada por acesso à elite do futebol catarinense e partida será transmitida ao vivo

O foco e a concentração fazem parte da estratégia do Próspera para a partida desta tarde de sábado contra o Fluminense de Joinville, a partir das 15h, no estádio Mário Balsini. O técnico Paulo Baier e seus comandados já estão concentrados para o início da caminhada rumo ao acesso à Série A do Catarinense.

“Vai ser um jogo muito pegado e muito forte. Fizemos um grande trabalho, ainda tem muito o que fazer, mas o grupo está bem preparado”, destaca o comandante, que volta ao Próspera nesta temporada após ser campeão da Série C do Estadual em 2018.

Para ajudar nesta caminhada do acesso, o Time da Raça conta com o goleiro Roberto Volpato Neto, que já foi campeão com o Criciúma e teve destaque em outras equipes. “Realmente é uma expectativa grande, confesso. É o time bem treinado pelo Paulo Baier, que faz a diferença na hora da bola rolar”, conta o goleiro.

Diretoria empolgada com trabalho

O trabalho realizado dentro das quatro linhas tem o respaldo do diretor executivo, Nei Rama. O profissional observa atentamente os treinos da equipe, conversa muito com o grupo e enxerga uma união muito forte em torno do acesso. “Realmente foi montada uma equipe muito comprometida. Fizemos tudo para deixar todos bem a vontade e sábado é que começa a nossa história. Infelizmente não vai ter a nossa torcida em campo, que tenho certeza que iria dar um show, mas acredito que vamos receber boas energias para este jogo”, observa Nei Rama.

Já o presidente do Próspera, Israel Rocha, também conta os minutos para ver a bola rolar e acompanhar a estreia de um dos times mais querido de Santa Catarina. “Bate aquela ansiedade forte até o jogo de sábado. Mas, ao ver o trabalho de todos, eu enxergo muito empenho e determinação. Boa sorte ao nosso Próspera”, finaliza o presidente.

10 times na luta pelo acesso

Dez clubes entram em campo para a disputa do troféu e das vagas para a primeira divisão do futebol de Santa Catarina. Neste ano, equipes tradicionais e aspirantes ao primeiro título se enfrentam durante os meses de outubro, novembro e dezembro.

Equipes participantes

Barra

Na última temporada, o Barra Futebol Clube, de Balneário Camboriú, não teve o êxito desejado. A equipe terminou a competição na sétima colocação, com 16 pontos em 16 jogos. Foi a equipe que mais empatou no campeonato, sete vezes, junto com o Próspera.

Caçador

O Caçador chega à Série B de 2020 como campeãO da terceira divisão no ano anterior. Em 2019, foi líder do grupo com aproveitamento de 72% e sacramentou o título vencendo o Itajaí nas finais. Seis atletas foram eleitos para a seleção do campeonato.

Camboriú

No ano passado, a Cambura ficou no meio da tabela – 5ª colocação na classificação geral. O começo foi lento, com apenas uma vitória no primeiro turno, mas o time se recuperou na sequência da competição e terminou na terceira colocação. Destaque para o faro de gol de Juliano, vice artilheiro ao balançar a rede seis vezes.

Fluminense

O Fluminense assegurou o sexto lugar no ano passado. Foram cinco vitórias, quatro empates e sete derrotas para os joinvilenses. Os pontos altos no campeonato foram os triunfos por 3 a 1 contra duas equipes do G4, Inter de Lages e Concórdia.

Guarani de Palhoça

O Guarani entra em campo em 2020 esperando fazer uma temporada melhor do que a anterior. A equipe terminou em oitavo lugar, com pouco mais de 30% de aproveitamento. O Bugre é uma equipe de tradição na Série B, tendo conquistado dois títulos, em 2003 e 2012.

Hercílio Luz

O Hercílio Luz volta à Série B como o último colocado da primeira divisão em 2019. Foi um dos times que mais empatou (oito vezes) e conquistou duas vitórias no certame. O Leão do Sul ficou com o vice-campeonato da segunda divisão em 2017 e tentará novamente fazer uma boa campanha.

Inter de Lages

O Inter vem em busca de seu quarto título na Série B – o último foi em 2014. Em 2019, encerrou o campeonato na 4ª colocação. O destaque vai para o bom desempenho no segundo turno, com quatro vitórias. Carlos Eduardo foi o destaque individual, artilheiro geral com sete gols ao lado de Moisés, do Concórdia.

Metropolitano

O Metropolitano teve altos e baixos nos últimos anos: foi campeão da Série B em 2018; terminou na nona colocação da Série A em 2019; e está de volta à segunda divisão, buscando subir novamente para a elite estadual.

Navegantes

No ano passado, o Navegantes disputou o campeonato em parceria com o Almirante Barroso, que sagrou-se campeão. No entanto, o clube não conseguiu atender ao Manual de Infraestrutura dos Estádios da FCF e não pode ascender à Série A, permanecendo na B. Posteriormente, optou por encerrar a parceria com o Barroso e voltou a se denominar Navegantes – o NEC.

Próspera

A equipe de Criciúma não fez a campanha que desejava em 2019, ficando na 9ª colocação da Série B. O primeiro turno foi bom, com a 5ª posição e a distância de três pontos para o vice-líder, mas o desempenho caiu no returno.

Primeira rodada

31/10 – Sábado

15h | Próspera x Fluminense – Mário Balsini

01/11 – Domingo

15h | Guarani x Navegantes – Renato Silveira

16h | Caçador x Camboriú – Carlos Alberto da Costa Neves

18h | Hercílio Luz x Barra – Aníbal Torres Costa

02/11 – Segunda-feira

16h – Metropolitano x Internacional – Hermann Aichinger

Transmissões ao vivo e gratuitas

Todos os jogos da competição serão transmitidos ao vivo e gratuitamente através da FCFTV, uma iniciativa da Federação Catarinense de Futebol em parceria com a South Sports Tech.

Para assistir às partidas, o torcedor só precisa acessar o site oficial da FCF TV e cadastrar-se, escolhendo seu time do coração. Além disso, também através do site, será possível se cadastrar em sites de apostas esportivas e ajudar o Próspera– e todos os clubes da competição.

Inscreva-se em nosso Canal no Youtube. Clique Aqui!

Confira a expectativa do comandante prosperano para a estreia: 

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email