Palestra gratuita com maratonista que já superou provas nos polos Norte e Sul é promovida pela Unesc

Superar os limites do corpo e da mente durante uma prova de resistência, um percurso de 42 quilômetros aos 62 anos, esta é a rotina do maratonista sênior Djalma Gomes de Moura, que nesta terça-feira (30/10), estará na Unesc, a partir das 13h30, no auditório Edson Rodrigues, sala P do Bloco 19, para ministrar a palestra gratuita “Superando limites em ambientes inóspitos”. Primeiro sul americano a superar este desafio durante as Maratonas do Gelo nos polos Norte e Sul, o atleta vem à Criciúma para contar sobre a sua experiência.

O professor da Instituição e presidente da Comissão do Meio Ambiente e Valores Humanos da Unesc, Carlyle Torres Bezerra de Menezes, conta que a palestra falará sobre a valorização de potenciais e tem o objetivo de mostrar que as pessoas podem realizar seus sonhos. “Djalma vai trazer trechos de sua história e inspirar. Durante a conversa, ele falará sobre preparação, foco, lado emocional, superar limites e outros assuntos importantes na busca por objetivos”, explica Carlyle.

Conheça Djalma Gomes de Moura

Com experiências em competições como a Corrida de São Silvestre e provas em países como Alemanha e Argentina, o maratonista ficou mundialmente conhecido ao enfrentar o frio dos polos Norte e Sul e correr sobre águas congeladas nos dois extremos do mundo.

Ao lado de 55 competidores, o atleta desafiou temperaturas de -20 graus e terminou as competições entre os 30 melhores colocados.  “Conheci a maratona em um programa de televisão e me despertou a curiosidade. Em nenhum momento a idade se fez um empecilho, pelo contrário. Me motivei, busquei me conhecer e dei o melhor”, afirmou Moura.

Valorizar o meio ambiente

A conversa ocorrerá na programação da Semana do Meio Ambiente, da Unesc, adiada para outubro devido à greve dos caminhoneiros em maio. Segundo Carlyle, no dia do evento serão distribuídas mudas de flores e plantas pela Universidade, em número limitado, e será realizada uma conversa sobre o futuro do Rio Criciúma. “Nosso objetivo é ter uma cidade mais verde e com uma maior qualidade de vida para quem aqui está”, afirma o presidente.

A conversa “Rio Criciúma: Passado, Presente, Futuro e Possibilidades para a sua Revitalização” ocorre a partir das 19 horas no auditório Edson Rodrigues, sala P do Bloco 19 da Universidade.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email