Prefeito se reelege com larga vantagem

Devido ao atraso na apuração dos votos em todo o Estado, o candidato reeleito e prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro (PSDB), fez seu pronunciamento da vitória nesta manhã, 16, no comitê do partido ao lado do vice-prefeito, Ricardo Fabris (PSD).

Por meio da da aliança “Criciúma no Caminho Certo”, Salvaro conquistou 71.615  (72.36%) dos votos contra 10. 707 (10.82%) do segundo colocado. “Se mais de 90% das pessoas aprovam o seu governo é natural que aquele que está no comando seja reeleito”, comentou Salvaro que agradeceu à todas as pessoas envolvidas em seu processo de eleição.

“Agradeço todos os partidos que fizeram parte desta aliança, os meus adversários que foram importantes, porque sem eles não haveria democracia e a campanha é boa exatamente para isso. Para termos essa troca de ideias, pensar na cidade e  discutir a cidade. Sou o primeiro prefeito reeleito da história de Criciúma”, disse ele. (Observando que em 2004, o prefeito Décio Góes foi reeleito, mas não tomou posse por ter sido cassado).

Compromissos de campanha

Sobre seus compromissos firmados durante a campanha Clésio Salvaro destacou. “Não aumentar os impostos existentes, não criar novos impostos, não fazer concurso público enquanto não for aprovado a reforma que está tramitando no Congresso Nacional, porque há necessidades de estabelecer critérios nestas questões. Não pode ser apenas uma prova, para se garantir a permanência no cargo e a necessidade de se estabelecer  a meritocracia, ganho por produtividade. Os partidos que participaram da aliança possuem esse compromisso firmado e assinado por todos”, disse ele.

Pandemia

Sobre a Covid- 19, Salvaro informou que nas próximas horas irá pedir uma audiência em Florianópolis com a governadora interina, de Santa Catarina, Daniela Reinehr, e talvez com o governador afastado, Carlos Moisés para tratar sobre a questão da pandemia.

“Não queremos novo lockdown e muito menos nos amontoar. A vida em primeiro lugar, a saúde com os cuidados redobrados a coisa tem que caminhar. Tem que andar para frente. Não podemos desligar a cidade da tomada. Sobre hipótese alguma, nós iremos nos conformar com esta situação. Vamos cuidar da vida, cuidar da saúde, mas com emprego e renda, pois o trabalho deve continuar”, disse ele.

Quinta eleição da história política do candidato

A história de Salvaro à frente da Prefeitura de Criciúma, iniciou em 2008, quando se elegeu prefeito com 53.329 votos. Em 2012, Salvaro fez 76,48% dos votos, mas não chegou a assumir a prefeitura por conta de uma decisão judicial que, em 2016, o inocentou de forma unânime pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Em 2016, Salvaro concorreu à prefeitura e fez a maior votação da história da cidade, com 82.959 votos (75,87% dos votos).

Clésio Salvaro nasceu no dia 2 de agosto de 1963, em Criciúma, foi agricultor e trabalhou em minas de carvão da região carbonífera de Santa Catarina. Salvaro é filho de Armelindo Salvaro e Olívia Ronchi Salvaro (em memória), casado com Adriana Goulart Salvaro e pai de dois filhos: Caroline e Ramon.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email