Mais de 6 mil alunos são atendidos em tempo integral na rede municipal de ensino

Educação em tempo integral. O termo garante que os estudantes terão um desenvolvimento em todos os aspectos: físico, intelectual, emocional, social e cultural, trabalhando de forma integral o ser humano. Isto vem sendo prioridade nas unidades de ensino da rede municipal de Criciúma, que podem ser vistas nos números. Hoje, 6.229 alunos frequentam aulas em tempo integral no município, incluindo Educação Infantil e Ensino Fundamental dos anos iniciais, 1º ao 5º, e dos anos finais, 6º ao 9º. O número corresponde a 30,4% dos estudantes, sendo que Criciúma atende 20.489 alunos.

Os currículos

Estes dados são uma representação do trabalho realizado pela Secretaria Municipal de Educação. O corpo discente das escolas em tempo integral é contemplado com oficinas no contraturno escolar. Conforme a coordenadora pedagógica, Luciana Milioli Vieira, os estudantes no período matutino têm o currículo comum, que é composto por aulas de Matemática, Língua Portuguesa, Geografia, História entre outras. Já no contraturno escolar, o currículo é diversificado.

“As oficinas são escolhidas pelas próprias escolas. Os alunos participam de todas as atividades. É criada uma grade como no currículo comum, com os dias da semana e as oficinas. A única que é obrigatória em todas as escolas é o Acompanhamento Pedagógico (AP) em Matemática e Língua Portuguesa”, explica a coordenadora. As unidades em tempo integral no município são as Escolas Municipais de Educação Infantil e Ensino Fundamental (EMEIEF) Carlos Gorini, Linus João Rech, Acácio Alfredo Villain, Vilson Lalau, José Giassi e Padre Paulo Petruzzellis.

Escola em tempo integral

Luciana ainda salienta que os alunos da EMEIEF Pe Paulo Petruzzellis são os únicos que podem escolher as oficinas que querem participar, a instituição possui em sua grade 24 oficinas. Os estudantes da educação integral permanecem na escola das 7h30 às 16h30 e recebem cinco refeições diárias. “A escola em tempo integral trabalha o aluno como um todo e nos mais diversos aspectos. Ela é entendida como uma formação para os seres humanos nas mais variadas dimensões, tem por finalidade viabilizar a ampliação das oportunidades de aprendizagem, garantindo uma educação de qualidade”, ressalta a secretária municipal de Educação, Roseli de Lucca Pizzolo.

Além das seis unidades de ensino em tempo integral, o município possui algumas turmas de Educação Infantil em tempo integral, que são atendidas nas outras 42 escolas municipais.

Oficinas ofertadas

Cada escola possui entre 5 e 8 oficinas. Entre as atividades estão: Artesanato, Rugby/Esportes, Xadrez/Jogos de Mesa, Informática, Balé/Dança, Danças Tradicionais, Música/Canto Coral, Balé, Futebol/Atletismo, Coral, Teatro/Artesanato, Futsal, Iniciação a Pesquisa, Dança e Esportes. Com exceção da EMEIEF Pe Paulo Petruzzellis, que oferta 24 atividades, devido ao grande número de alunos.

O horário de funcionamento dos CEIMs 

Os Centros de Educação Infantil Municipais (CEIMs) também possuem atividades em tempo integral. Atualmente, são 16 CEIMs em tempo integral espalhados pelos bairros da cidade. As crianças, como os alunos das seis escolas, são beneficiadas com cinco refeições diárias. As unidades atendem das 6h30 às 18h30.

Os serviços englobam atendimento pedagógico, itinerante, contação de histórias, atividades lúdicas, educação física e arte. As atividades seguem as diretrizes da Educação Infantil de Criciúma. “As crianças são atendidas por profissionais qualificados que beneficiam o desenvolvimento cognitivo dos estudantes”, acrescenta a coordenadora pedagógica, Sandra Helena Búrigo Rosso.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email