Aulas remotas: 68,13% dos alunos da rede municipal estão acessando o Portal Educacional

A Secretaria Municipal de Educação divulgou dados das duas primeiras semanas de aulas remotas nas escolas municipais de Criciúma. Dos 20.083 alunos, 68,13% estão acessando a plataforma Google Classroom, que corresponde a 13.653 estudantes.

Os estudantes que não tem contato com as ferramentas online, os pais ou responsáveis vão até a escola, quinzenalmente e mensalmente, buscar as atividades. “O número de acesso foi muito positivo, baseado na nossa pesquisa antes das aulas remotas. O nosso trabalho é fazer que o ensino e aprendizagem cheguem para todos os estudantes”, explicou a secretária municipal de Educação, Cristiane Uliana Fretta.

Com os dados de alunos que não estão acessando, os gestores das escolas municipais já estão em uma busca ativa por esses estudantes. Os números ainda estão sendo compilados, já que as atividades imprensas podem ser retirados entre 15 e 30 dias. “Se as escolas não conseguirem contato com estes estudantes, será repassado para a Secretaria Municipal de Educação e uma profissional de assistência social fará essa busca e saber o motivo dele não estar acessando ou buscando as atividades”, explicou.

O professor postará as atividades, no período matutino, até às 9h. Já no período vespertino até às 14h. A plataforma Google Classroom também permite que os profissionais programem as atividades.

Outros dados

Ao todo, são 893 turmas ativas e cadastradas na plataforma. O registro e a ambientação da plataforma foram realizados em parceria com a Diretoria de Tecnologia da Informação (DTI).

Conforme o diretor da DTI, Tiago Pavan, foi uma força-tarefa entre os órgãos municipais para enfrentar este novo momento e se reinventar. “Foi um resultado bem surpreendente, até porque sabemos da realidade da nossa cidade, que geograficamente é extensa com áreas rurais e também centrais. Mesmo com o avanço do acesso à internet, ainda existe localidades de vulnerabilidade social e também há dificuldade das operadoras de chegar em alguns lugares. Houve um engajamento bem grande dos pais e dos alunos para as aulas remotas”, ressaltou do diretor.

O acesso das aulas remotas pode ser feito pelo Portal Educacional.

Parceria com a Google

No ano passado, a DTI fechou uma parceria com a Google para utilizar a ferramenta Google Classroom para as aulas remotas.

Parceria foi voltada à educação, possibilitando o acesso ilimitado aos professores e alunos o acesso a formulários de satisfação e pesquisa, realização de simulados e avaliações e até mesmo a criação de murais com os conteúdos trabalhados em sala de aula, tudo virtualmente.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email