Aprovada proposta que amplia uso de poupança digital

O Senado aprovou o projeto de lei de conversão (PLV 39/2020) que amplia o uso da conta poupança social digital para recebimento de benefícios sociais do governo federal, entre eles o abono salarial anual e os saques do FGTS.

A poupança social digital foi criada por causa da pandemia de covid-19 com a finalidade de pagamento do auxílio emergencial de R$ 600 em nome dos beneficiários que não tinham conta na Caixa Econômica Federal. 

A Caixa Econômica Federal ampliará o seu aplicativo “Caixa Tem” para liberar novas funcionalidades no programa. Agora, o app deve contar com opções de microcrédito, seguros e cartões.

Hoje, o aplicativo é utilizado para pagamentos do auxílio emergencial, do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e do Benefício Emergencial de Manutenção do Emprego e Renda (BEM).

Segundo informações da Caixa, aproximadamente 90 milhões de poupanças sociais digitais foram abertas gratuitamente em 2020. O aplicativo foi liberado para os cidadãos cadastrados em benefícios sociais do governo durante pandemia do novo coronavírus.

Após pandemia, a Caixa deve manter essas contas abertas gratuitamente, conforme informou o presidente do banco, Pedro Guimarães.

“Todos os produtos serão mantidos. Todos os produtos gratuitos continuarão gratuitos. E faremos mais,” disse ele.

Segundo o presidente, o “aplicativo do Caixa Tem é o banco digital para a menor renda, que é 80% da base de clientes da Caixa”. Por esse motivo, a Caixa deve continuar oferecendo o pagamento digital de benefícios sociais, inclusive do Bolsa Família, que atualmente é pago apenas presencialmente.

Outros serviços do aplicativo Caixa Tem

Entre os novos serviços ofertados pelo Caixa Tem estão:

  • oferta de microcrédito
  • seguros
  • cartões

O presidente da Caixa revelou que a entrada do microcrédito na plataforma do Caixa Tem está em fase de finalização. Segundo Guimarães, a ferramenta vai liberar empréstimo de “R$ 100, R$ 200, R$ 300 de forma rápida, simples e digital” para os brasileiros de baixa renda e para os trabalhadores informais que recebem o auxílio emergencial.

Os detalhes sobre a oferta de seguros e cartões não foram revelados. O Caixa Tem, até então, disponibiliza um cartão de débito digital que pode ser usado tanto em compras online como para compras presenciais. Durante a pandemia, 67,5 milhões desses cartões de débito virtuais foram emitidos pelo Caixa Tem.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email