Praça Nereu Ramos recebe festa julina nesta quinta-feira

A Fundação Cultural de Criciúma (FCC) promove nesta quinta-feira (4), na Praça Nereu Ramos, o ‘Arraiá Está em Festa’. O local terá barraquinhas com quitutes típicos como caldinho de feijão, pipoca doce e salgada, doces, cachorro-quente, canjica e quentão. No mesmo dia e na sexta-feira (5), a iniciativa contará com apresentações de quadrilhas das unidades escolares de Criciúma, das 13h às 18h. Já o sábado (6) será marcado pelo concurso de quadrilhas, das 9h às 14h.

Para o presidente da FCC, Júlio Lopes, além do evento contar com atrações artísticas, a ação também fornece às instituições criciumenses uma oportunidade de arrecadar recursos por meio das barraquinhas. “O evento irá divertir o público que estiver passando pelo local. Vamos reviver os folguedos juninos, as festas açorianas religiosas, como a de Santo Antônio, São Pedro e São João. Estamos valorizando e ressaltando a cultura do nosso país e estamos utilizando o centro da cidade para isso”, ressalta. Todo o valor arrecadado será destinado aos prêmios de 1°, 2° e 3° lugar no concurso de quadrilhas e para a barraca melhor decorada.

A Escola Municipal de Educação Infantil e Ensino Fundamental (EMEIEF) Oswaldo Hülse participará do concurso com um tributo a Luiz Gonzaga, além de coordenar uma barraquinha de cachorro-quente e canjica. “Os nossos alunos estarão rodeados pela a comunidade central. Vamos mostrar a experiência e o processo de aprendizagem deles”, conta a diretora da EMEIEF Oswaldo Hülse, Marisa Manoel dos Santos. Já a Associação Beneficente Nossa Casa participará do evento vendendo caldinho de feijão.

“Eu acho interessante esse tipo de ação por parte da Fundação Cultural, pois além de estarmos valorizando uma festa cultural, nós também temos a chance de contribuir com as entidades que precisam tanto de recursos. Além disso, nós damos sequência a uma tradição que vem passando de geração em geração, e o esforço para que essa tradição seja mantida. Esperamos que as crianças e adolescentes deem continuidade a esse costume”, conta o diretor cultural da FCC, Evandro Prêmoli.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email