Confira os projetos culturais que a FCC e Lei Aldir Balnc possibilitaram

Após a aprovação de 84 projetos pela Lei Federal de Emergência Cultural Aldir Blanc n°14.017, no edital n°002/2020 da Fundação Cultural de Criciúma (FCC), foi iniciado o desenvolvimento dessas ações no município. Até o momento, 40 delas já foram concluídas ou estão em desenvolvimento em Criciúma. Ainda faltam 44 para serem finalizadas até o final deste ano.

Os resultados da lei no município geraram livros, podcasts, lives, cd’s musicais, oficinas, exposições, pinturas urbanas, curtas-metragens e até manutenções de espaços culturais. O roteirista e um dos envolvidos no curta-metragem ‘Marion, Galos e Passarinhos’, Sander Hahn, já concluiu o filme e está em processo de divulgação. “Me sinto muito honrado por nosso filme ter sido selecionado. Era um projeto antigo que roteirizei e dirigi. Realizei meu sonho”, destaca Hahn.

blank

Pelo menos R$1,4 milhão foi destinado aos proponentes para arcar com os custos dos projetos e servir de incentivo financeiro. “Além de gerar um apoio em dinheiro aos artistas, a população pode usufruir da produção dos projetos”, declara o diretor de Turismo da Fundação Cultural de Criciúma, Ismail Ahmad Ismail.

A Lei de apoio cultural no município

A lei Aldir Blanc n°14.017, foi lançada pelo Governo Federal em 2020 como uma forma de socorrer o setor cultural, que foi um dos mais prejudicados pela pandemia. Porém, com o lançamento do edital em dezembro de 2020, o fomento cultural da região foi possível. “É imensurável a forma como essa lei veio para contribuir. Temos muito potencial cultural e a Aldir Blanc ajudou a mostrar isso”, declara o presidente da fundação cultural, Zalmir Casagrande.

Seja um Leitor Parceiro!

Em uma época em que a facilidade ao acesso de informação acaba multiplicando a desinformação, e para piorar em meio a uma pandemia, o site Bairros Criciúma reforça o compromisso com o jornalismo sério, profissional e de qualidade. Nossa equipe se dedica diariamente na difusão de informação responsável e que você pode confiar.

Para que possamos melhorar cada vez mais e juntos possamos ter um jornalismo sério e o compromisso com a informação de qualidade, contamos também com a contribuição espontânea de nossos leitores!
Para contribuir basta fazer um Pix de qualquer valor para a chave: [email protected]

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email