Cores da terra: veja como fazer tintas ecológicas e de baixo custo

Você já observou a grande diversidade de cores e de texturas que a terra possui? Diferentes tonalidades de marrom, cinza, amarelo, matizes avermelhados, preto e até branco colorem e revelam propriedades físicas, químicas e mineralógicas do solo.

Toda essa riqueza de pigmentos naturais não passa despercebida aos olhares atentos das extensionistas sociais da Epagri. Em todas as regiões do estado, elas realizam oficinas e mostram de maneira simples e prática como é possível aproveitar esse potencial da natureza e transformar em tinta.

A técnica apresentada resulta em um produto de baixo custo, ecológico e com durabilidade de até 10 anos. A ausência de derivados de petróleo e outros compostos poluentes na tinta é um atrativo para quem busca opções sustentáveis.

Gostou da ideia? Então aprenda a fazer tinta com as cores da terra. Quem explica a técnica de fabricação é a extensionista social da Epagri Claudésia Furlan, que atua como gestora no Centro de Treinamento da Epagri, em Florianópolis.

Passo a passo

O processo começa com a coleta do solo que será utilizado. Claudésia diz que barrancos e cortes de estradas são bons locais para buscar o solo. “É necessário ter o cuidado de não misturar as diferentes cores. Separe cada tonalidade em embalagem específica”, orienta a extensionista.

Ao chegar em casa, o solo deve ser espalhado sobre papel ou plástico para secar. Pode ser no sol ou em local sombreado. No sol, ele seca mais rápido. Durante a secagem, Claudésia sugere que você já comece a destorroar o solo, com o auxílio de madeira ou com as mãos mesmo.

Agora, tem início uma etapa fundamental que a peneiração do solo. “É preciso deixá-lo bem fininho para que a qualidade da tinta fique melhor”. Para isso, Claudésia costuma utilizar peneiras com diferentes malhas, sendo a última bem fina.

Com o solo peneirado, começa o processo de preparo da tinta. Veja as proporções indicadas pela extensionista:

– 2 medidas de solo

– 2 medidas de água

– 1 medida de cola branca 

Coloque o solo em uma vasilha, junte a água e misture bem. Adicione a cola e mexa mais um pouco, até integrar todos os componentes. Pronto, a sua tinta já está feita e pode ser utilizada em pinturas sobre madeira, papel, ferro, parede de alvenaria e tecido. Os cuidados na aplicação são os mesmos com as tintas comerciais.

Lixe bem a superfície e retire resíduos que estiverem no local. Aplique a primeira demão de tinta, com pincel ou rolo próprios para pintura, deixe secar e aplique quantas vezes você achar necessárias para alcançar o resultado desejado. Use a criatividade e faça belas pinturas com a tinta de cores da terra feita por você.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email