Confira as dicas e orientações do Corpo de Bombeiros para enfrentar os dias de baixas temperaturas

Com a previsão de frio intenso para o Estado nos próximos dias, o Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC) alerta aos cuidados que devem ser tomados pelas pessoas para evitar maiores transtornos ou desastres.

Nesta época é preciso se agasalhar e se hidratar, consumindo água, bem como alimentos que auxiliam no aquecimento do corpo.

Publicidade
blank

As baixas temperaturas contribuem para a diminuição da imunidade, por isso é imprescindível se precaver e manter a ventilação do ambiente para que tenha a circulação do ar, além da utilização de álcool em gel e demais providências evitando a propagação de gripes, resfriados e do coronavírus.

Aquecedores, fogões a lenha, lareiras e ar condicionado

Nesta época de frio aumentam os acidentes domésticos e incêndios envolvendo equipamentos elétricos, fogões e lareiras para aquecimento de ambientes.

Em 2021 foram 64 ocorrências envolvendo fogões a lenha, sendo que em 2020 este número foi 49 e 2019 43. 
Já com lareiras foram 25 registros em 2021, 15 em 2020 e 19 em 2019. 

Publicidade

Dicas para a segurança

Tenha em mente que sempre ao utilizar qualquer tipo de aquecedor é preciso ventilar o ambiente, para a renovação do ar e ainda por motivo de risco de morte, que nestes casos pode ser por asfixia, em razão do consumo de oxigênio no local, ou intoxicação com monóxido de carbono;
– Verifique se a instalação do equipamento está em local seguro da residência, distante de cortinas, estofados, móveis, e demais materiais inflamáveis e não coloque nada, nenhum material combustível, sobre os aquecedores, já que em caso de incêndio eles propagarão as chamas rapidamente;
– Mantenha crianças e idosos em uma distância segura de lareiras ou fogões a lenha, bem como fique atento com a utilização de aquecedores;
– Os aparelhos aquecedores elétricos devem ser certificados pelo Inmetro e antes de ligá-los, verifique a voltagem e se não existe a necessidade de manutenção ou limpeza;
– As lareiras devem ter tela metálica, com malha entre 2 e 5 mm de espessura para evitar que as fagulhas sejam propagadas para fora do local de queima e não esqueça de utilizar material próprio, sem colocar lenha em excesso. Nunca deixe o local sem antes se certificar que o fogo está extinto. Preferencialmente utilize um anteparo não combustível na frente de fogões e lareiras;
– Se utilizadas lareiras que utilizem combustível líquido, popularmente chamadas de lareiras ecológicas, muito cuidado com as recomendações dos fabricantes. E nunca manuseie a sua lareira ecológica com o equipamento quente, uma vez que essa situação pode ocasionar uma explosão – já que o líquido combustível com o calor geram uma nova chama. Isso já ocasionou incêndios e vítimas neste ano em Santa Catarina.
– Antes de acender lareiras e fogões a lenha, verifique a instalação das chaminés, se estão em perfeitas condições e em locais seguros.

Acidentes de trânsito

Nestas condições climáticas, em caso de neve, de geada ou umidade devido a temperaturas negativas, a pista fica escorregadia e as chances de acontecer um acidente aumentam expressivamente. Por isso é importante manter apenas o deslocamento necessário, com distância do veículo da frente, além disso, ande com a velocidade reduzida.

Lembre-se de manter em dia a manutenção do carro.

Cuidados com cães

Além dos cuidados com os humanos, não podemos esquecer os nossos melhores amigos, que também sentem frio e também devem ser protegidos. Segundo as informações da Coordenadoria de Busca, Resgate e Salvamento com Cães, os animais domésticos, que são escovados e tomam banhos frequentes, perdem a proteção natural e requerem alguns cuidados.

Publicidade

Se os animais não forem muito peludos, utilize uma roupa nele, desde que ele se adapte bem ao acessório e que seja uma de tecido macio. Caso o cão não aceite, não insista.  Outra opção são as cobertas próprias para cães, que ajudam bastante nestes dias, basta colocar no local em que o animal dorme ou passa boa parte do tempo, como na casinha.

Não deixe seu animal sozinho próximo a lareiras e aquecedores. Tenha uma barreira, principalmente quando forem filhotes, uma vez que a curiosidade do animal pode causar um acidente e ele vir a se machucar.

Seja um Leitor Parceiro!

Em uma época em que a facilidade ao acesso de informação acaba multiplicando a desinformação, e para piorar em meio a uma pandemia, o site Bairros Criciúma reforça o compromisso com o jornalismo sério, profissional e de qualidade. Nossa equipe se dedica diariamente na difusão de informação responsável e que você pode confiar.

Para que possamos melhorar cada vez mais e juntos possamos ter um jornalismo sério e o compromisso com a informação de qualidade, contamos também com a contribuição espontânea de nossos leitores!
Para contribuir basta fazer um Pix de qualquer valor para a chave: [email protected]

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email