O Monumento do Bicentenário da Independência do Brasil foi inaugurado nesta sexta-feira (9). O obelisco de 20 metros de altura foi instalado no alto do Morro Cechinel, em comemoração aos 200 anos da Independência. Entidades da sociedade civil, autoridades, escolas da rede municipal de ensino e moradores estiveram presentes para prestigiar o ato.

O obelisco foi idealizado pelo prefeito Clésio Salvaro e projetado pelo arquiteto André De Luca, da Prefeitura de Criciúma. Ele foi doado ao município pela empresa BPM Pré-Moldados. “A inauguração deste monumento é mais uma grande conquista e um presente para a cidade de Criciúma. A construção dele vai simbolizar e resgatar, ainda mais, o amor à pátria na cidade e ao nosso município que durante anos, infelizmente, foram deixados de lado”, frisou o prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro.

Fechamento da Cápsula do tempo

Além disso, as comemorações do Bicentenário da Independência, celebrado na última quarta-feira (7), também foram marcadas pelo fechamento de uma cápsula do tempo nesta sexta-feira (9). O ato de fechamento contou com a participação de alunos e professores da Secretaria de Educação, além de entidades e funcionários do Governo Municipal para ser reaberta somente em 7 de setembro de 2032.

“Os estudos e a divulgação da ciência em nossas escolas da rede municipal de ensino, é algo que estamos trabalhando e desenvolvendo cada vez mais, principalmente, em 2022. Desse modo, o fechamento dessa cápsula é uma forma de os estudantes fazerem parte da história da cidade. Assim, desenvolvendo, ainda mais, suas curiosidades nos estudos científicos e suas criatividades imaginando como será o município de Criciúma após dez anos”, frisou o secretário municipal de Educação, Miri Dagostim.

De acordo com a estudante, Maria Eduarda Colombo de Souza, essas atividades são importantes para o aprendizado e para estimular ainda mais o gosto pelos estudos. “Eu sou uma pessoa bem tranquila e comunicativa. Então, daqui dez anos meus objetivos são estudar e me dedicar ainda mais, para conseguir conquistar um bom futuro em minha vida”, comentou.

Ainda, segundo a coordenadora-geral da Secretaria de Educação, Cristiane Uliane Freta, foram escritas em torno de 250 cartas, sendo uma prática dinâmica e divertida para elevar a interação social entre os estudantes de diferentes escolas nas comemorações da semana da pátria no município. “Além das cartas dos estudantes, participaram da atividade escrevendo suas cartas o prefeito de Criciúma Clésio Salvaro, os funcionários e secretários do Governo e também os professores da Secretaria Municipal de Educação”, comentou.

Criciúma vibra no esporte nesta semana com uma notícia vinda dos Estados Unidos. A atleta Isabella Thomé de Jesus, do basquete feminino do time FME Criciúma/Satc/Mampituba, conquistou uma bolsa de estudos na St. Petersburg College onde irá estudar e jogar representando a universidade.

Isabella, que já está em solo americano, atuava no projeto desde 2016 quando tinha 12 anos e agora vai em busca de mais um sonho fora do país. “Entrei no projeto apenas por diversão. Com o tempo percebi como o basquete era algo especial pra mim. O trabalho que nossas técnicas fazem nesse projeto vai muito além de só basquete, elas estruturam e estimulam as atletas a serem o seu melhor dentro e fora de quadra”, conta a atleta.

Sonhos sendo realizados pelo esporte

Estudar e jogar fora do país foi um sonho construído nos últimos anos por Isabella. “Enquanto ia evoluindo no projeto surgiu o sonho de ir para os Estados Unidos. Conquistar essa bolsa não é apenas mérito meu, mas de cada uma das atletas e comissão, que sempre me apoiaram e me incentivaram a continuar e crescer. Estou sem palavras em relação a ir para lá, ver esse sonho se tornando realidade apenas me remete a uma palavra que é gratidão”, conta a atleta.

Ainda conforme Isabella, esse será um período de muito aprendizado. “O intuito é mostrar o que esse projeto me ensinou sobre basquete e aprender melhor o basquete de lá, para evoluir e continuar com esse sonho de ser atleta profissional”, completa.

A técnica da equipe, Luana Minotto, lembra que já são cinco atletas criciumenses a conquistarem bolsas fora do país. “Para o nosso projeto é muito importante e gratificante mais uma atleta estar ganhando uma bolsa de 100% nos Estados Unidos. Isso nos faz perceber que estamos no caminho certo, dando qualidade para nossas jogadoras virarem profissionais”, conta a técnica.

O presidente da FME, Neto Uggioni, vibra com o momento. “Ficamos muito felizes com essa oportunidade, é o esporte mudando vidas. Torcemos pela Isabella fora do país e claro, torcemos para que muitos outros atletas da nossa cidade realizem seus sonhos, sejam eles quais forem”, pontua Uggioni.