A pedido da população e comerciantes, o Governo de Criciúma adiantou as obras do Binário na Avenida Santos Dummont, no bairro São Luiz, e entregou um novo trecho, entre o Teatro Municipal Elias Angeloni até a altura da Pinheiro Machado. O local já está funcionando em meia pista e com a primeira capa asfáltica inserida.

“Recebemos muitos pedidos, principalmente dos comerciantes, para que esse trecho fosse liberado. Então, criamos duas frentes de trabalho no início deste mês e aceleramos os serviços naquele ponto. No momento uma pista já está liberada e funcionando, e outra está recebendo rebaixamento da Casan”, contou o secretário de Infraestrutura, Planejamento e Mobilidade Urbana, Tita Belloli.

A previsão é que outro trecho importante para a região seja finalizado no final de maio. Ao todo, serão 300 metros de camada asfáltica entregues na Avenida Santos Dummont, da rua Afonso Pena até a Campos Sales.

Avanços

As obras foram visitadas nesta quarta-feira (14) pelo prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro. “É um projeto muito importante para a nossa cidade, porque vai trazer avanços significativos para a infraestrutura e mobilidade urbana do nosso município. Estamos visitando e fiscalizando de perto diversas obras em andamento”, comentou.

Trabalhadores informais nascidos em junho começam a receber hoje (18) a nova rodada do auxílio emergencial. O benefício terá parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo da família.

O pagamento também será feito a inscritos no Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) nascidos no mesmo mês. O dinheiro será depositado nas contas poupança digitais e poderá ser movimentado pelo aplicativo Caixa Tem. Somente de duas a quatro semanas após o depósito, o dinheiro poderá ser sacado em espécie ou transferido para uma conta-corrente.

O saque da primeira parcela foi antecipado em 15 dias. O calendário de retiradas, que iria de 4 de maio a 4 de junho, passou para 30 de abril a 17 de maio.

Ao todo 45,6 milhões de brasileiros serão beneficiados pela nova rodada do auxílio emergencial. O calendário de pagamentos foi divulgado pelo governo no início do mês.

O auxílio será pago apenas a quem recebia o benefício em dezembro de 2020. Também é necessário cumprir outros requisitos para ter direito à nova rodada.

Para os beneficiários do Bolsa Família, o pagamento ocorre de forma distinta. Os inscritos podem sacar diretamente o dinheiro nos dez últimos dias úteis de cada mês, com base no dígito final do Número de Inscrição Social (NIS).

O pagamento da primeira parcela aos inscritos no Bolsa Família começou na sexta-feira (16) e segue até o dia 30. Amanhã (19), recebem os beneficiários com NIS de final 2. O auxílio emergencial somente será pago quando o valor for superior ao benefício do programa social.blank

Fonte: Agência Brasil